BAHIA: Governo presente cuida da gente

Tag: neofascismo

As vozes da distopia

Os partidos neofascistas apresentam-se hoje com votações acima de 15 por cento em 19 países da Europa e só não possuem representantes nos parlamentos da Lituânia, Malta e Irlanda. Cada vez mais a atuar como aliada preferencial da direita tradicional, dita democrática, a extrema-direita articula-se em frentes, elabora planos internacionais e confia no que acredita ser inevitável: a conquista do poder em todos os países. É o vislumbre de um mundo sombrio, distópico e miserável.

Leia mais

Viagem sem refúgio

Os partidos de direita e, principalmente, os de extrema-direita fazem uso político do que chamam de “invasão” de imigrantes e assustam a classe média que já se defronta com a crise econômica, assiste em sobressalto a guerra na Ucrânia e toma conhecimento do grande genocídio em Gaza.

Leia mais

O cio da cadela

O alerta de Brecht é um lembrete de que o fascismo nunca está completamente derrotado. É como uma doença que pode ressurgir a qualquer momento, se as condições lhe forem propícias. A ascensão atual da extrema-direita leva a crer que este é mais uma vez um momento ameaçador.

Leia mais

A grande marcha nazifascista

Temos medo do que virá porque a única certeza que temos é a de que vamos viver pior. E a extrema direita vem e diz que podemos voltar para trás. É um projeto reacionário de volta ao passado diante da crise política e de governança neoliberal

Leia mais

Blogue do Velho Mundo: Potsdam e suas conferências

A cidade de Potsdam, ao lado de Berlim, famosa por várias razões, voltou a ganhar notoriedade em escala mundial graças a uma conferência secreta num de seus palácios

Leia mais

História do tempo presente

A Europa continua a assistir ao desempenho dos partidos de extrema direita. Apenas Irlanda, Malta e Luxemburgo não possuem partidos neofascistas representados em seus parlamentos. A extrema direita tem crescido em força e está presente nos parlamentos de 26 dos 27 países que fazem parte da União Europeia.

Leia mais

A Europa sob ataque da direita

Frente única da extrema-direita pretende reunir recursos e aumentar sua influência e importância no cenário da Europa. Unidos, estes movimentos serão capazes de representar o segundo maior grupo político no Parlamento Europeu, mais numeroso do que os tradicionais sociais-democratas

Leia mais

A visão distópica do mundo

As recentes eleições nas províncias alemãs e para o governo da Espanha levantam mais uma vez a preocupação com o futuro da Europa. Os partidos neonazifascistas apresentam-se hoje com votações acima de 15 por cento em 19 países e só não possuem representantes nos parlamentos da Lituânia, Malta e Irlanda. Cada vez mais a atuar como aliada preferencial da direita tradicional, a extrema direita articula-se em frentes, elabora planos internacionais e confia no que acredita ser inevitável: a conquista do poder em todos os países. É o vislumbre de um mundo sombrio, distópico e miserável.

Leia mais

O continente fecha as suas portas

Os partidos políticos de cunho neofascista e outros também do campo da extrema direita acusam os imigrantes da falta de emprego, da criminalidade crescente, pelo ódio religioso e pelos ataques terroristas. O discurso populista e demagógico atrai grande parte dos eleitores de classe média e aqueles partidos radicais estão a chegar ou já estão no poder na Hungria, Polônia, Áustria, Itália, Suíça, Dinamarca, Noruega. Na França, o neofascista Rassemblement National (em português ‘Reagrupamento Nacional’), liderado por Marine Le Pen, é o novo nome do Front National (‘Frente Nacional’). Chegou perigosamente em segundo lugar nas últimas eleições para a Presidência da República

Leia mais