BAHIA: Governo presente cuida da gente

Autor: Leneide Duarte-Plon, de Paris.

Leneide Duarte-Plon é co-autora, com Clarisse Meireles, de « Um homem torturado, nos passos de frei Tito de Alencar » (Editora Civilização Brasileira, 2014). Em 2016, pela mesma editora, lançou « A tortura como arma de guerra-Da Argélia ao Brasil : Como os militares franceses exportaram os esquadrões da morte e o terrorismo de Estado ». Ambos foram finalistas do Prêmio Jabuti. O segundo foi também finalista do Prêmio Biblioteca Nacional.

A presença de Picasso

50 anos depois de sua morte, dezenas de exposições no mundo homenageiam o maior artista do século XX

Leia mais

Povo nas ruas ameaça agenda oficial de Macron

Crise política na França causada por rigidez do presidente pode levar a um impasse

Leia mais

Israel-Palestina: um barril de pólvora

“Pogrom” e “esquadrões da morte” entraram no vocabulário de
israelenses para definir a brutalidade da colonização que já dura 56 anos

Leia mais

A reforma que (quase) ninguém quer

Franceses rejeitam nas ruas aumento de idade para aposentadoria.
Bertrand Russell estaria com eles

Leia mais

Somos os campeões de otimismo no mundo

O Brasil foi apontado pela pesquisa Ipsos, realizada em dezembro em 36 países, e divulgada esta semana na França, como «o país mais otimista do mundo». 85%  dos brasileiros ouvidos concordaram com a  afirmação: «2023 será um ano melhor que 2022». O otimismo domina corações e mentes. A esperança escancarou portas fechadas a cadeado.

Leia mais

Como a Copa do Mundo foi parar no Qatar

Trabalho escravo e suspeitas de corrupção. Ex-presidente francês Sarkozy no olho do “Qatargate”

Leia mais

Kowawa Kapukaya Apurinã: Para nós, indígenas, Bolsonaro é um “anhanguê”, um “demônio”

A doutoranda em Antropologia pela Sorbonne vê em Lula uma esperança. “A luta não irá parar mas não teremos mais um governo que decreta nosso extermínio”

Leia mais

Esperançando

O presidente Lula será o maestro que vai dirigir a maior orquestra do planeta, de 215 milhões de almas, tocando a partitura mais bonita jamais ouvida, refazendo o país.

Leia mais